Page images
PDF
EPUB
[ocr errors][ocr errors][merged small][merged small][merged small]

A pezar

de estar intimamente convencido da inutilidade de offerecer regras para aprender sem mestre a pronunciar a lingua ingleza, o desejo de comprazer com algumas pessoas me decidio a augmentar este volume com mais algumas paginas dedicadas a elucidar brevemente esle assumpto.

DAS VOGAES.

[ocr errors]

A. Tem quatro sons distinctos. 10 ei quando esta vogal vai seguida de huma só consoante com e mudo finala Exemplos : made, trade, etc.; pronuncia-se meide, treide. Excepções. - Have, are. Pron. have ou héve, are ou ére.

- , Tem tambem o som de ci quando termina huma syllaba sobre que recahe o accento. Ex. páper, táper, spectátor. Pron. peiper, teiper, specteitor. Excepções. — Father, master, water. O a sôa á nos dois

, á primeiros, e ó em water.

2Sôa á em muitos monosyllabos. Ex. Car, tar, path, last, etc.

3° Sôa ó nos monosyllabos acabados em ll, ld, lk, lm, it, e nos que principião por w. Ex. All, bald, wasp, etc.; pron. ól, bóld, wósp, com algumas excepções, como war, etc., pron. uacse.

4° 0 quarto som he o do a surdo portuguez, como o primeiro a de agora, amigo. Ex. abroad, atone, attain.

E. Tem tres sons distincios. () 1° corresponde ao i portuguez. Ex. England, mc, he, we : pron. ingland, mi, hi, ui.

0 2° corresponde ao é nos inonosyllabos bed, red, men , etc.

[ocr errors]
[ocr errors]

e

0 3° he hum soin obscuro, muito parecido como a surdo portuguez, v. g. em amigo, arder. Ex. her, certain, servant, merchant, etc.

Outras vezes o e tem ħum som surdo quasi imperceptivel, como nas palavras open, participle.

O e he mudo no fim d'huma voz.

Excepções. -- j • Os monosyllabos acabados em e; 20 as palavras tomadas do grego. Ex. She, be, etc. ; epitome, Penelope : pron. xi, bi. epitomé, etc.

O e de clerk, sergeant, é d'outras poucas palavras mais tem o som da vogal ä na palavra dark.

Nos participios passados não se percebe o som do e. Ex. Loved, ordered; pron. lov’d, order'd. O mesmo acoutece com outras palavras acabadas em len: como navel, shovel, heaven , etc.; porêm com tantas excepções que quasi se confundem com a regra geral. Sem embargo, he preciso saber applicar opportunamente a regra da suppressão do e, para não pronunciar as palavras swivel e heaven, como novel e chicken, que exigem se perceba o e claramente. Swivel , heaven, navel, sôão quasi suivle, hévne, neivle.

I.

[ocr errors]

O i tem tres sons. 1° Equivale a ai nos monosyllabos terminados por e mudo. Éx. T'ime, fine, line : pron.

. taime , faine, laine. Excepções. - Shire; pron. «ire.

; . Tem igualmente o som de ai nas syllabas accentuadas. Ex. Tiile, dialogue, etc. : pron. tai-tl, dai-a-logue; e nos monosyllabos acabados em nd , ld, ght. Ex. Mind, kind, mild, sight : pron. maind, kaind, maild, sait.

Excepções. - Wind (vento), build, guild, e os seus derivados que tem o som de i.

Pint pronuncia-se paint.

Esta vogal sôa quasi sempre ai nas syllabas lie, pri. Ex. Libation, primeval, ele.

Excepções. - Litigious, libidinous, primitive, e primer.

Tambem o tem nas palavras acabadas em ise, que tem o accento sobre a antepenultima. Ex. Criticise.

2o Tem som de i nos monosyllabos pin, skin, him; na ultima syllaba das palavras que tem o accento sobre a

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]

son,

penultima. Ex. Hostile , servile , respite , etc. : pron. hosttile , ser' vile, res' pite. Excepções. — Erile , edile, empire, archives, confine,

saline, supine, contrite, pismire, quagmire, likewise, e todas as palavras acabadas em wise.

Nas syllabas mi, phi, pi, pli, ri, si, ti, e tri, coin poucas excepções tem o segundo som. Ex. Minority, philosopher, pilaster, application, ridiculous, similitude, timidity, tribune,

Estes dous sons da vogal i são os mais frequentes; porêm ha hum terceiro, que não tem equivalente ein portuguez, e he nas syllabas que terminão em rt, o qual só se pode comparar em portuguez com o a da palavra carneiro. Ex. shirt, dirt, etc.; pron. cart ,

dart. Finalmente o i se supprime algumas vezes na conversação. Ex. Devil, evil, cousin, medicine, venison, e Salisbury (cidade); pron. dév’l, iv'l, cóz'n, med'cine, venn'e Sál’sburi.

0. Esta vogal tem tres sons. 1° ó, como em bone, mode, stone , etc. 2° ó, como God, soft, horn. u, como move, who, prove : pron, muve, hu, pruve.

Supprime-se nas syllabas finaes sem accento, quando está entre c ou k en. Ex. Reckon , deacon, bacon, etc.; pron. re-kn, di-kn, bei-kn. E tambem quando esta vogal he precedida de p, d, ou s. Ex. Capon, pardon, poison, etc.

Excepções. - Unison , diapason , cargaison : pron. iu-ni-sonn, dai-a-pa-zonn, kar-gue-zonn.

U. Tres são os sons d'esta vogal. roiu, nos monosyllabos acabados em e mudo. Ex. Pure, tube, sure : pron. piure, tiube, xiure. Nas palavras acabadas em ute e ume. Ex. Acute, minute, volume : pron. a-kiúte, mi-niúle, vol-iúme.

Torno a repetir que o segundo som he preciso ouvi-lo da viva voz do mestre, porque não he facil indicar como se devem pronunciar put, but, butler, etc. He hum ó prolongado. O 30 som corresponde ao u portuguez, como

nas palavras pull, full, bull, puss, pudding, etc.

Esta vogal he irregular nas palavras busy, business, e bury ; pron. bi-zi, bíz-ness, -ri. .

[ocr errors]

Y.

:

e

Tudo quanto se tem dito do i se pode applicar a esta letra considerada como vogal : isto he, que tem dous sons, como ai e como i.

Todos os monosyllabos que acabão em y tem o som de ai. Ex. My, cry,fly, etc.; pron. mai, crai, flai. O mesmo som tem o infinitivo dos verbos acabados em y. Ex. To justify", to multiply: pron. tu jóstifai , tu moltiplai.

: Excepções. - Os infinitivos acabados em ci e ri. Ex. To fancy, to hurry tem o som de i.

Esta vogal tem o som de ai quando vai seguida de e mudo que termina a syllaba. Ex. Thyme, rhyme : pron. taiine, raime. Tambem quando termina huma syllaba accentuada. Ex. Buying, cyder : pron. baínn, çaider.

Tem o som de i quando termina huma palavra composta de mais de huma syllaba. Ex. Vanity, charity, majesty : pron, vann-i-li, char-i-ti, -djesti.

Não ha huma palavra , verdadeiramente ingleza , que acabe em i; e muito poucas que acabem em outra vogal que não seja y.

Na conversação o y final de my se pronuncia i, v. g. my wife : mi uaife.

W.

[ocr errors]

.

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]

Esta letra, que os Inglezes pronuncião dobliú (u duplo), considerada como vogal, sempre tem no fim das palavras o som de u, com poucas excepções. Assim, few, bowl, sow (semcar), town, etc. : pron. fiu, boul, sou, taunn : porém bow, crow, elbow, etc.: pron, bổ, crổ, el-bố.

REGRAS

PARA CONHECER O LUGAR DO ACCENTO TONICO.

[ocr errors]
[ocr errors]

Posto que seja impossivel ensinar por meio de simples regras a pronunciação de qualquer lingua, e nui particularmente da ingleza, cuja orthographia be a mais disparatada de quantas existem , he todavia possivel indicar com sufficiente exacção o lugar do accenlo tonico. Eis aqui as regras que da S. Johnson, que são as mais obvias

.

.

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]

se bem que offereção algumas excepções que só o uso pode ensinar, e que se acharão nos Diccionarios de Walker, Jones e outros , em que vem marcado o dito accento.

1. Disyllabos com desinencia affixa , tem o accento na penultima. Ex. Childish, king'dom, acted, toi'lsome, lo'ver, ze'alous, ar'tist.

2. Disyllabos formados por huma syllaba prefixa ao radical, tem de ordinario o accento na ultima , v. g. begel, besto' w.

3. Quando o disyllabo he nome, tem de ordinario o accento na penultima, e sendo verbo, na final, v. g. a descant, to desca'nt, a co'ntract, to contra'ct, a cement to ceme'nt. Esta regra tem muitas excepções, v. 5. delight e to delight, perfume e to perfume, que tem o accento ambos na final.

4. Todos os disyllabos terminados em y, como cra'nny; em our, como la'bour, fa'vour; em ow, como wi'llow, wa'llow (excepto allo'w); em le, como ba'ttle, bi' ble; em ish, como ba'nish; em ck, como ca' mbrick, ca'ssock; em ter, como ba'tter; eni age, como cou'rage; em en, como fa'sten; em et, como qui'et , tem o accento na penultima.

5. Disyllabos em er tem o accento na penultima. Ex. ca'nker, bu'tter.

6. Verbos disyllabicos terminados por letra consoante e e final, v. g. compri'se, esca' pe; ou terminados por diphthongo, com ou sem e mudo final, v. g. appea' se , reve'al; ou terminados por duas consoantes, como atte'nd, tem o accento na final.

7. Nomes disyllabicos cuja ultima syllaba encerra diph thongo, tem de ordinario o accento na final; ex. applause. Exceptuão-se os vocabulos terminados em ain; ex. ce'r

mo'untain. 8. Trisyllabos formados pela adjuncção de syllaba prefixa ou suffixa, conservào o accento do radical; ex. loveliness, te'nderness, con'temner, wa'ggoner, phy'sical, , bespa'tter, co'mmenting, comme'nding, assu'rance.

9. Trisyllabos terminados em ous, al, e ion, tem o accento na primeira syllaba ; ex. gracious, a'rduous, ca'pital, me'ntion.

10. Trisyllabos terminados em ce, ant, ent, ate, tem a

[ocr errors]

tain,

« EelmineJätka »