Page images
PDF
EPUB

e

Thou wilt find him there : Tuo acharás alli.
You will not get much by it: Não ganhareis muito nisso.
He will make his fortune by Elle fará a sua fortuna por
that means :

esse meio. They will torment us: Elles ou ellas nos atormen

tarão. Em todos estes exemplos as segundas e terceiras pessoas annuncião somente acontecimentos provaveis, ou de que se está moralmente seguro. Outro tanto succede com os acontecimentos futuros independentes da nossa vontade, pois se expressão sempre por will; como: It will rain:

Choverá. It will not thunder :

Nào trovejara. That will never happen: Isso nunca acontecerá. Eis aqui o que eu chamo futuro simples. Passemos agora ao

FUTURO DB PROMBOSA, AMBAÇA, ETC. Se a primeira pessoa (do singular e plural), fallando no seu nome, ou em nome de muitos, prometter ou empenhar a sua palavra de fazer alguma cousa , se servirá de will : e se fallar a huma segunda ou terceira pessoa , dirá shall para denotar huma promessa, huma

атеаса,

hum preceito ou prohibição.

[ocr errors]

а

EXEMPLOS.

PROMESSA.

I will wait upon you without fail :
Irei visitar-vos sem falta.
We will not pay

him:
Nós não lhe pagaremos.
If thou dost well, thou shalt be rewarded :
Še tu obrares bem, serás premiado.

Promisição. {Enhey shall se execute his orders :

{.

Elles não executarão as .
If they do, they shall feel my resentment :

PRECEITO.

Pelo

que acabamos de expôr se vê que shall na boca de quem falla a outra pessoa , he huma palavra de autoridade. Assim quando se diz a alguem : You shall punctually obey me in every thing : Vós me obedecereis pontualmente cm ludo : he como se dissesse : 1 will have you obey me ;

quero que vós me obedecais. O mesmo succede nos mandamentos de Deos, e nas predicções dos prophetas : Thou shalt honour thy father and mother: Honrarás a teu pai e a tua nhài.

Outro exemplo acabará de aclarar a materia. Haverá duas leis : There shall ou will be two laws. Se he o legislador quem falla , pode dizer : There shall be iwo laws, porque isto depende d'elle; porêm qualquer outra pessoa está no caso de o annunciar simplesmente , e por conseguinte deve dizer : There will be two laws. Isto basta para fazer ver a differença entre will e shall (1). Deve-se

por

ultimo advertir que não se pode usar de will nas primeiras pessoas das orações interrogativas, como se explicará na Lição XXI.

e

[ocr errors]

IMPERATIVO.

:

Call, chama.

Let him call, chame elle. Let : este he outro verbo auxiliar to let, permittir, deixar, usado no imperativo sem a particula to : pode denotar permissão ou supplica , huma exhortação, humi desejo, huma imprecação ou hum preceito. V.g. Sejamos amigos, Cinna : Let us be friends, Cinna.

PRESENTE DO SUBJUNCTIVO.

That I may call, que eu chame. Vamos a explicar agora outros dois sinaes usados no subjunctivo; may e can, verbos defectivos, que significão poder. Mas ha entre elles esta differença que may exprime hum poder incerto, condicional ou de permissão ; tal como aquelle que resulta da qualidade d’huma cousa simplesmente licita ou permittida : e can hum poder absoluto, determinado, physico ou de capacidade, de fazer

(1) Os Irlandezes confundem frequentemente o uso do shall e do will; por cujo motivo se conta huma anecdota , que se non è vera è ben trovata. Estava hum Irlandez em imminente perigo de afogarse, e gritava que lhe acodissem , pois do contrario, dizia elle: I will be drowned, quererei ser afogado; em lugar de dizer : I shall be drowned, serei afogado.

a cousa de que se trata. Assim, para pedir hama permissão se diz may : e usa-se do can para perguntar a huma pessoa se tem capacidade, ou se se acha no estado de fazer huma cousa.

EXEMPLOS.

PERMISSÃO.

May I ask a favour of you?
Ser-me ha licito pedir-vos huma graça ?

Can
CAPACIDADE. you

do me that kindness? Podéis-me fazer este gosto?

May I go into the thing's bed-chamber?' PERMISSÃO. Poderei , ou ser-me ha licito entrar na alcôva

do rei?
Can
you procure me leave to

go

there? CAPACidade. Podéis-me procurar a permissão de entrar

nella ? Can denota o poder physico ; may o poder sujeito ás leis, á moral, a razão, á prudencia.

á

[ocr errors]
[ocr errors]

EXEMPLOS.

I can bear the charge, but I Posso ou tenho força para may not carry it :

poder com a carga, mas

posso não querer levâ-la. If you can not resist tempta. Se não podeis resistir á tention, you may avoid it : tação, está em vosso po

der, ou podeis evitâ-la. Em geral quando ha duvida ou incerteza no poder do agente, ou na possibilidade da cousa, exprime-se por mar. V. g. I may be mistaken:

Posso enganar-me. It may be

Isto pode ser; pode ser que

assim seja. Mas tudo aquillo que depende da capacidade do agente, e toda a possibilidade physica ou moral se exprime por can. V.g. He can read and wrile : Sabe ler e escrever. I cannot tell :

Não sei. Depois das conjunções although, though ou tho', ainda que : provided , com tanto que: unless, menos que : if ou

[ocr errors]

:

[ocr errors]

whether, se : lest, por temor que ; não se forma o subjunctivo com may : põe-se o verbo no infinitivo sem to.

EXEMPLOS.

Though he come this evening, Ainda que venha esta tarde, he shall not see us :

não nos verá. Whether he come or not, Venha ou não venha, iremos shall There :

lá.

we

go

PRIMEIRO IMPERFEITO DO SUBJUNCTIVO.

I might call, eu chamára, chamaria, ou chamasse, etc.

SEGUNDO IMPERFEITO DO SUBJUNCTIVO.

I could call, eu chamára, etc. Might e could são preteritos derivados de may e can, € seguem as mesmas regras que os seus tempos positivos : might exprime o poder incerto ou de permissão; e could a capacidade, o poder certo e absoluto, e a possibilidade physica ou moral, porém sempre condicionalmente, isto he, com as conjunçoes hypotheticas se, ainda que, com tanto que, etc.

EXEMPLOS.

by it:

I could not deceive a man Eu não poderia (ou não cabe

with flattery , though I em mim) enganar hum might make my fortune homem adulando-o, ainda

que d'este modo pudesse

fazer a minha fortuna. Many a man might be hap- Muitos poderião ser felizes,

py, if he could think him- se podessem considerarseif so:

se como taes. If he could bear to be told Se elle pudesse soffrer que

his faults, he might mend Ibe dissessem as suas falthem :

tas, poderia corrigir-se

d'eilas. Ainda que may e can se empregão ordinariamente no presente, nào obstante isso algumas vezes usão-se para exprimir o futuro, especialmente depois das particulas if, se; when , quando; as soon as, logo que; before, antes; after, depois : è algumas outras. V.g.

[ocr errors]

When John comes, you may Quando João vier, poderá go:

Vm. ir. If you can come next week: Se Vni. poder vir na semana

proxima. Quando o futuro de poder denola a possibilidade, a liberdade ou licença , traduz-se em inglez por may. V.g. Elles poderão magoar-se :

They may hurt themselves.

TERCEIRO PRETERITO IMPERFEITO DO SUBJUNCTIVO.

I should call, eu chamára, chamaria , etc.

QUARTO PRETÉRITO IMPERFEITO DO SUBJUNCTIVO.

[ocr errors]

I would call, eu chamára, chamaria, etc. Should e would seguem as mesmas regras que os seus primitivos shall e will. Não obstante, nas orações condicionaes faz-se uso de should , sem por isso se entender que exprime a necessidade, nem o dever. V.g. If he should do that, I would Se elle fizesse isso, eu o punish him:

castigaria. Should she come, she might Se ella viesse, jantaria com

dine with us :

Ha hum adverbio que só se usa com o termo would, e he fain, que significa com muito gosto. V. g. Julius Cæsar would fain Julio Cesar leria folgado ser have been a king :

rei.

nosco.

PUTURO.

If I should call, se eu chamar. Este tempo pode-se traduzir tambem por If I happen 10 call, etc.

INFINITIVO.

PRESENTE.

To call, chamar. Ainda que to be o sinal que acompanha os verbos inglezes no infinitivo, ha com tudo alguns depois dos quaes nunca se pode usar do to antes do infiaito que se segue. Taes são os verbos defectivos, excepto ought, dever; e os seguintes : to see ou to behold, ver; to bid, mandar; to feel, sentir; to dare, ousar, atrever-se; to have, ter; to

« EelmineJätka »